quarta-feira, 25 de março de 2015

Granola para bebés [desde os 12 meses]


A T. é aquele tipo de bebé que cobiça tudo o que estamos a comer. Levamos com um olhar intimidador, que nem nos deixa dar uma dentada ou colherada, sem ficarmos cheios de remorsos de ela não estar a comer o mesmo que nós (sim, comemos às escondidas muitas vezes para não termos peso na consciência). 

Ultimamente tem calhado de lanchar com ela. Eu como o meu iogurte com granola e fruta, e ela os seus deliciosos queques, scones e papas. Um dia, por curiosidade, dei um bocadinho do meu lanche, e ela nem se importou com a textura da granola. Aliás, andou atrás de mim de boca aberta à espera de mais. Não me agradava a ideia de ela estar a comer frutos secos e mel nesta altura, mesmo que fosse apenas uma colherinha. 

Fiquei a pensar se valeria a pena fazer uma granola específica para a T., com os ingredientes que ela poderia comer. A ideia agradou-me, e era uma boa alternativa de lanche, sobretudo agora com o calor a chegar, e as papas quentes a ficarem menos apetecíveis. Não hesitei e pus mãos à obra. A idade, é meramente indicativa. Os ingredientes podem ser consumidos mais cedo, simplesmente a textura pode não ser apropriada ou do gosto de bebés mais pequeninos.

Granola para a T. [desde os 12 meses]


2 chávenas de flocos de aveia
1/2 chávena de côco ralado
1/4 de chávena de gérmen de trigo
1/2 chávena de applesauce
1/4 de chávena de água

Pré-aquecer o forno nos 160º. Juntar os flocos de aveia, o côco ralado e o gérmen de trigo e misturar bem. Adicionar o applesauce e a água e unir com as mãos (fica uma espécie de massa grossa). Distribuir num tabuleiro numa camada rasa e levar ao forno.



Levar ao forno durante 40-50min e mexer a cada 10, tentando esfarelar com as mãos o máximo possível.


Depois de arrefecer, guardar num recipiente bem vedado.



Ora, esta receita não faria sentido, sem a aplicação prática. E essa não tardou, que nessa mesma tarde experimentámos a granola no lanche. Um iogurte, 2 colheres de sopa de granola e uma ameixa aos bocadinhos. Recomendo colocar o iogurte por cima da granola e envolver, pois ajuda a amolecer os cereais e torna-se mais agradável para eles.



Foi de comer e chorar por mais, disse-me a T. Não disse, que ela não sabe falar, mas a denotar pelo que sobrou para mim, concluo que estava boa (que sobrou zero...). 



Hoje repeti, e marchou uma taça de iogurte, granola e banana. Mais uma vez, eu fiquei a ver navios, e provar, foi uma miragem. 

Para mim, é uma boa alternativa à típica papa de iogurte, bolacha Maria e fruta. Nada contra a bolacha Maria (tenho ali uma caixa delas, não é por aí). Mas é bom saber que os nossos bebés gostam de mais coisas para além do convencional. E não é esse o objectivo do Na Cadeira da Papa? 


5 comentários:

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.